Dois coelhos numa s? cajadada, colis?o e assalto!

Pelo visto, a rotina de colis?o semana sim, outra tamb?m, no cruzamento das ruas Tenente Ben?volo com Monsenhor Bruno, j? devia est? enfadonha, de forma tal que o dem?nio resolveu inovar. Hoje, foi colis?o com um plus a mais: assalto!

Pois ?, por volta das 20:30 desta noite uma colis?o entre um coletivo e um carro de passeio seria apenas mais um dos costumeiros acidentes que ocorrem no local, n?o fosse o fato de quatro marginais – menores de idade que vinham dentro do ?nibus – ?resolverem aproveitar o burburinho da situa??o para praticar um assalto dentro do mesmo.

_DSC0014

A sorte dos passageiros assaltados ? que, do lado de fora, bispando, havia dois motoqueiros entregadores de pizza que, num ato her?ico, renderam os assaltantes que n?o portavam armas de fogo. Outros populares, ao ensejo, ajudaram a capturar os que j? estavam capturados. Os menores foram entregues ilesos a pol?cia quando esta chegou ao local.

Tamb?m por sorte, ningu?m se macheou no acidente que deixou o carro de passeio com avarias consider?veis.

_DSC0025Mas, de todas as cenas que presenciei, o alarido dos populares, os gritos de pega ladr?o, o afobo de se acudir os passageiros do carro, o assombro das senhoras da vizinhan?a, as fofocas e gaiatices dos transeuntes, porteiros e flanelinha, uma, em especial, me chamou a aten??o.

Foi a cena de um grupo de devotos que rezava o ter?o na varanda de uma casa bem ao lado o local do sinistro. Era o diabo tocando o terror c? fora e l? dentro a compenetra??o total, inabal?vel, pois o mais importante era falar com D’us, o drama das pessoa ali n?o era digno de aten??o?de t?o caridosas almas em comunh?o com Christo.

Por fim, quem ficou sem lugar pra dormir foi o Walter, morador da ?rvore da esquina que hoje teve que procurar um lugar menos animado para seu sono.