por Frédéric Bastiat

O Senhor de Lamartine escreveu-me certa vez o seguinte:

“‘Sua doutrina é somente a metade do meu programa; você parou na liberdade; eu já estou na fraternidade.”

Eu lhe respondi:

“A segunda metade de seu programa destruirá a primeira.”

Com efeito, É-me impossível separar a palavra fraternidade da palavra voluntária (isso deveria ser óbvio).

Eu não consigo sinceramente entender como a fraternidade pode ser legalmente forçada, sem que a liberdade seja legalmente destruída e, em consequência, a justiça legalmente pisada.

A espoliação legal tem duas raízes:

1. uma delas, como já lhe disse anteriormente, está no egoísmo humano;

2. a outra, na falsa filantropia.

 

—————————————–

*Adaptações e parênteses nossos.